29 de janeiro de 2012

Rumor



O que faz você mudar de opinião?
É assim toda manhã
quando rejeita o meu corpo
ignora o que eu digo
muda a postura
muda o humor
não aceita a idéia de que me ama
junta os pertences
espalhados pelo chão
ao lado da cama
e segue a vida
sem ao menos dizer adeus
É sempre assim
abusa de mim
e depois sai enfim
contrariando os sentimentos
totalmente opostos a noite anterior
cujo o amor entre eu e você
era o empecilho para afastar dois corpos.
...
[Ela tem um jeito ingênuo
os olhos sedentos
o sono profundo
os sonhos secretos]

5 comentários:

Robson Ojuarah disse...

gostei dos versos

se possível, visite meu blog

www.semente-terra.blogspot.com

Arianne Carla disse...

Affonso, que poesia mais apaixonante... Posso dizer que fiquei um pouco apaixonada? Depois de versos exprimindo um pouco das coisas que você não gostava da menina, você abre crochetes e revela o que mais ama (pelo menos eu vi sua beleza de poesia assim, cada um cria sua imaginação, né?) Adorei mesmo!

Joyce Barreto Chicon disse...

Adorei, blog super harmonioso...
Gostei daqui!

beijos


http://leiturasaborcafe.blogspot.com/

Anjinho disse...

Gostei muito do seu blog e estou seguindo...segue o meu de volta?
Até mais...

http://tudodoanjo.blogspot.com

Jéssica Moura disse...

Adorei o poema *-*

Seguindo aqui.

http://galleriafeminina.blogspot.com/

Beiijos