22 de abril de 2011

Análogo



Talvez o mais difícil
fosse acordar no outro dia
e perceber que
não foi um sonho.

Que meio sorriso
não ameniza
todo o sofrimento.

Piadas nos fazem
sorrir por fora
e o choro insiste em
machucar por dentro.

A culpa corrói
e insiste em manter
as mãos tremulas.

Perguntas e pensamentos
são as únicas
companhias da mente.

Mas o corpo insiste
em agir com o coração
e pelo menos desta vez
preciso e procuro pedir

PERDÃO!

2 comentários:

Fernanda Ribeiro disse...

É estranho quando nossa razão insiste em algo e nosso coração insiste sempre, ou quase, no contrário, e no fim é sempre ele que ganha ...
mto bom ^^

www.umaformadepensamento.blogspot.com

Wanda disse...

eu entendo perfeitamente o sentimento que há por tras desses versos.