18 de março de 2011



A primeira vista parecia estarrecida com o mesmo sorriso que abominava os pensamentos.

Sendo que o primordial era induzir o amor.

Mas é preciso acreditar nos mais belos ideais de uma busca que quase nunca tem fim.


2 comentários:

Sandro Ataliba disse...

Sinto cheiro de completude. rs
Abraço

Jasanf disse...

Querido escritor, há um presentinho para ti em meu blog Lectando-me. Com carinho, ofereço-te.
Abraço,
Jasanf.