3 de janeiro de 2011

Monalisa


“...a simplicidade de sorrisos inconstantes, beirando a perfeição,
o olhar que fita sereno, incita a dúvida nos corações alheios...”

Talvez eu seja o principal culpado, ou não, tudo tem um ponto de vista. Mas não digo que não errei, errei ao ficar mudo, ao silenciar, ao falar de mais, acabei errando por falar a verdade, isso é triste. Porém disse e repito não sou perfeito, nem fisicamente, nem moralmente, também não tenho a pretensão de ser perfeito, afinal quem é? Eu erro e continuarei errando, por isso peço perdão diversas vezes, é preciso.
Com o tempo você prestará mais atenção em mim, isso me dá medo, aflição. Pois perder você em nome da amizade é inadmissível, eu não me perdoaria.
Às vezes me questiono sobre o que realmente estou sentindo, já que nem ao menos te conheço pessoalmente, mas é quando eu sinto a sua falta durante as horas que longe passamos que minha dúvida é sanada pela saudade. Tenho medo de me tornar dependente de você, sem ao menos ter você para mim.
Nunca fique sem falar comigo, pois o teu silêncio me agride.
Quando dizes que acha que não gosto que você fale bobagens eu calo por medo de não saber o que dizer, ou por medo de falar de mais, de também falar bobagens e não ser compreendido. Confesso que esta ficando difícil falar com você sem me comprometer. Eu calo e consinto!
Eu nunca disse que te amo por medo de não ouvir a mesma resposta. Quero primeiro que possas me olhar nos olhos e sentir o mesmo sentimento, quero a sinceridade mesmo que doa, pois a incerteza dói mais. Também não quero respostas precipitadas, e se possível não quero respostas e sim atitudes. Prove o que realmente esta sentindo!
Vá além do que seus olhos possam ver, descubra.
Decifre-me!
Hoje vivo mais para você do que para mim!

9 comentários:

Casillero del Kris disse...

"não fique sem falar comigo pois o teu silencio me agride..." brother...passei pela experienci da sensação...
sabe quando vc sente o que ler..?

perfeito..jah estou te seguindo..

segue aee o meu..

Emerson Limma disse...

Muito bom o texto!
Um contexto perfeito,e que causa uma reflexão momentanea no leitor.
Parabéns!

Até...
http://emersonlimma.blogspot.com/

luiz scalercio disse...

belissimo texto,
muito bem escrito,
gostei.

Nathalia Nicolosi disse...

Maravilhoso, meu anjo poeta!
Você transmite uma paz enorme em cada letra.
Olha, por experiência própria; não deixe de falar o que você sente.
Não importa se este sentimento será retribuído da maneira que você deseja. Afinal, o que você tem a perder? - Muita coisa se não dizer.
Um beijo, querido.

BellaVieiraa disse...

Olá, textos bacanas, parabéns, sou novata pelo blog, fiz recentemente, se puder divulga manda o pessoal me seguir, garanto que farei o mesmo por ti. Obrigada! :)

Meus momentos, minhas histórias. disse...

Eu acho que esse foi um dos seus posts que mais causaram um efeito em mim. Sério.. Está ótimo. Consigo sentir sentimento em cada uma de suas palavras. Parabéns..


Beijos.

Palhaço disse...

Uma palavra para o texto: único. Uma palavra para o contexto: supreendente. Para o autor: um sorriso.
Parabéns, lindo texto.

Janaina Cruz disse...

O silêncio nos fere, nos confunde, e passamos a não saber direito que o que sentimos é amor, ou esperança.

Faz parte da imperfeição humana sentir isso, mas dar a volta por cima é um bom sinal.

Gostei demais do teu blog, estou te seguindo.

livetc disse...

Excelente!!
Principalmente este trecho: "Não fique sem falar comigo pois o teu silencio me agride..."

Parabéns, Anjo! =)