15 de junho de 2010

Subjetividade

É preciso controlar o sentimento
para não se iludir com gentilezas,
pois toda vez que ouvir chamar seu nome
não aposte nas incertezas da vida.
Tudo não passa de um simples alô.
-Então por que ela liga para mim?
São meras coincidências do destino,
suposições impostas pela inquietude
de um coração que resiste em
acreditar no amor.

Um comentário:

Mel dupla personalidade disse...

Oi! Passando para te conhecer.
Adorei teu blog!
Sexy, safado ... Uma delícia.
Se puder visita meu cantinho, adoro novas amizades e troca de idéias. Vou te seguir!
Bjs doces como mel!

*´¨)
¸.·´¸.·*´¨) ¸.·*¨)
(¸.·´ (¸.·` *♥ Mel Dupla Personalidade ♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥