16 de dezembro de 2009

Ventos e pensamentos (soltos) - Decifra-me ou te devoro

...Pés solidários para contemplar a mais bela criatura,
tão humana e tão desigual.
Desvia a minha atenção
e segue em meu pensamento,
traz consigo a beleza e o brilho que tanto me atrai.
Me tem em suas mãos.

Consome parte de mim...


...Estou precisando de algo novo.
Novidades pra contar.
Escondido em meu silencio.
Dádiva de um amor maior!...

...Pelo menos esta vez esqueça o amor,
Você consegue fazer isso?
Pelo menos tente!
Esquece os beijos e abraços,
O entre laçar de pernas, o sexo.
Delete as palavras doces, os sonhos e as caricias.
Difícil, não?
Feche os olhos, apague as trocas de olhares.
Arranque as paginas, destrua todos os poemas...

...Talvez meu telefone toque às 3 da manhã.
Espero que seja você a interromper meu sono.
Que seus suspiros e suas palavras.
Quero você somente nesta noite.
Quero a última bebida como saideira.
Quero despir-te toda
e acabar de vez com esta brincadeira...

Nenhum comentário: