19 de agosto de 2009

Luta contra a dor do amor



Mil palavras, um traço


e a vida sem sentido segue


e só parece cair


mesmo assim persiste em lutar


empunhando a espada


com o coração dilacerado


expõem a ferida


e a face da alma.


Mostra que o amor


é veneno


que faz padecer.


Porém não te deixe


em desespero,


levante a cabeça,


se apoie em sua armadura


e da queda faça um golpe


rápido, certeiro


acabe com essa dor


e não deixe ser mais uma vez ferido.


Volte a lutar


pelo que lhe faz bem.


Pois as lembranças


ficarão à beira do campo


como a armadura que lá perdura


Suja de sangue, de dor.

Nenhum comentário: