21 de julho de 2008

LÉLIA

Estou procurando uma estrela distante
Mas não acorde o sonho que eu sonhei
Se fez silêncio, se fez festa
Pois foi seguindo nesse seu caminho
o tempo escorrendo
Tem sereno lá fora
Eu perdi na noite calma
O triste que existe
Que nem notou que tinha deixado
a espera do sonho
Acordou a noite
Deixou silêncio
Envolveu o meu sonho infinito.

Nenhum comentário: